segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Dama polaca voando em limusine preta [Conto], de Lídia Jorge

Sinopse: Dama Polaca Voando em Limusine Preta relata o encontro entre um motorista e uma passageira durante um percurso que ambos fazem ao longo de uma região gelada. Mas a passageira não é só a passageira e o motorista encobre uma história única.

Opinião:
Continuando com o desafio que tem como objectivo dar a conhecer trabalhos em português, escolhi este título para o mês. 
Uma senhora tem uma alteração inesperada num voo e manda chamar um taxi, porém o que lhe aparece é uma limusine preta. Sendo ela contra esse tipo de luxos, recusa-se a ir, contudo devido à falta de alternativas, ela acaba por ceder.
O motorista passa grande parte da viagem a contar-lhe acerca da sua falecida esposa polaca e das incríveis semelhanças entre ambas, mas quando para numa zona de estação de serviço aparentemente isolada, ela começa a assustar-se com a situação. 
Um conto que mostra como a mente trabalha a mil e quando assustada, começa a imaginar uma panóplia de cenários e situações. 
O conto encontra-se disponível aqui.

domingo, 28 de agosto de 2016

Por sorte, o leite, de Neil Gaiman - Opinião

Título original - Fortunately, the milk
Editora: Editorial Presença
Sinopse: - Comprei o leite - disse o meu pai. - Saí da loja e ouvi uma coisa estranha que parecia vir por cima de mim. Era um barulho assim: tumm tumm. Olhei para cima e vi um disco prateado enorme a pairar sobre a rua Marshall. Ena, pensei. Isto não é coisa que se veja todos os dias.
Descobre até que ponto tudo pode ficar muito estranho nesta história inacreditável onde as viagens no tempo começam ao pequeno-almoço.


Opinião:
Tenho um exemplar em inglês do "The graveyard book" que aguarda na lista de TBR, contudo deparei-me com esta obra e achei que devia dar-lhe uma oportunidade, muito devido ao autor embora confesso que o título incomum também contribuiu.
A mãe ausenta-se e deixa os filhos ao cuidado de um pai distraído que esqueceu-se de comprar leite para o pequeno-almoço. Assim ele sai para comprá-lo porém demora imenso tempo para chegar. Quando por fim chega a casa, os filhos perguntam-lhe o motivo de tal demora. A história que conta é impensável e começa com um rapto alienígena.
Esta história é muito interessante, tem reviravoltas que não lembra a ninguém! Viagens no tempo, uma dinossauro cientista e uma jornada para salvar a humanidade e o planeta são apenas alguns ingredientes que compõem esta obra que é adequada para as diversas faixas etárias, aconselho. 

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

The coven [Sweep 2], de Cate Tiernan - Opinião

Título original - The coven
Saga: Sweep #2
Sinopse: I am not who I thought I was. I am not a regular sixteen-year-old girl. I am a witch. A real, ancestral witch. My parents are not my biological parents. My sister and I share no blood.
Even in the coven, I am too powerful now, too different to belong.
I am alone except for Cal. Cal tells me he loves me, and I need to believe him.


Opinião:
Concluído o primeiro volume quis ver onde The coven me iria levar, então pedi o livro emprestado à mesma colega que escolheu a minha leitura do TBR Jar challenge. Isto fez com que este livro seja integrante do desafio com o tópico: *Ler um livro emprestado. 
[Pode conter spoilers]
A Morgana não conhecia o amor até ter-se apaixonado por Cal, o novo aluno do liceu.  
Ao optar por abraçar a wicca e entrar para um grupo que a pratica, a jovem descobriu que tem uma aptidão natural, mais do que isso, descobriu que é uma bruxa de sangue. Tal como Cal, o líder do "coven". 
Com baixa auto estima, jamais imaginou que o rapaz mais lindo da escola fosse vê-la como outra coisa que não fosse uma colega, mas eis que ele demonstra sentimentos por ela, e isso acaba por custar-lhe a amizade com Bree. Em seguimento disso, outros eventos são desencadeados e descobertas são feitas, daquelas que mudam uma vida e tudo o que se julga conhecer.
Primeiro queria partilhar convosco a opinião de que acho a sinopse já em si um bocado "spoiler" e acaba por ser sobre algo fulcral do qual o livro trata. Não faço a mínima ideia do que é passar por uma situação dessas mas sempre pensei que fosse um assunto delicado, então o tema é largamente "falado" ao longo do livro. 
Seguimos a perspectiva dela mas quando finalmente os pais falam abertamente sobre o assunto, acabamos por conhecer a perspectiva deles e as suas motivações, a genuína preocupação pela segurança e o bem estar da filha.
Várias coisas estão a acontecer ao mesmo tempo e existe uma grande panóplia de emoções neste volume, tornando-o bem mais dinâmico do que o anterior. Aqui são explorados laços familiares e seguimos caminhos de auto-conhecimento e descoberta pessoal na tentativa de adquirir informações sobre o passado, os parentes biológicos e a própria história da protagonista. 
Tudo isto deu uma intensidade e riqueza à obra que jamais esperava quando comecei a saga, efectivamente foi uma grande melhoria comparativamente ao primeiro livro.
Gostei que ao longo do livro fossemos lendo excertos de um antigo livro das sombras, o que nos deu informações sobre acontecimentos passados, quanto mais lemos mais percebemos as ligações e que implicações que isso tem.
Apesar dos acontecimentos, agradou-me que a Morgana tenha aceito as motivações e que os quatro tenham voltado a ser a família de antigamente, parecendo-me inclusive que as irmãs tornaram-se mais próximas até. 
Quanto ao desfecho do livro, ficaram umas pontas soltas mas que motivo está por trás do secretismo e da posse de tal objecto? Qual é o significado daquela descoberta? Aguçou a curiosidade.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

[2016] TBR Jar Challenge 8

O oitavo papel do desafio deste ano foi retirado do potinho e diz o seguinte...


*Ler um livro emprestado

*Challenge accepted!*


Para ver o progresso dos desafios, basta ir ao separador Desafios literários, logo abaixo do nome do blogue, que serão remetidos para o seu respectivo link.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Book of shadows [Sweep 1], de Cate Tiernan - Opinião

Título original - Book of shadows
Saga - Sweep #1
Sinopse: Something is happening to me that I don't understand.
I see things, feel things in a new way. I can do things normal people can't do. Powerful things. Magical things. It scares me.
I never chose to learn witchcraft. But I'm starting to wonder if witchcraft is choosing me.


Opinião:
A leitura desta obra fez parte do desafio TBR Jar Challenge com o tópico: *Ler um livro escolhido por outra pessoa. Pessoalmente, não o conhecia, apenas o nome da autora mas foi de facto a minha estreia com ela. 
Numa cidade pequena, a protagonista Morgana estuda num liceu cujos alunos estão divididos em categorias, cada qual com o seu grupo de integrantes que não interagem muito com os restantes. A excepção parece ser Morgana e Bree, melhores amigas desde crianças e não podiam ser mais diferentes, com a amiga a ser "bela e popular". 
Certo dia, um aluno é transferido e logo se torna no centro das atenções. O rapaz tem uma beleza típica de estrela de cinema e toda a gente quer ser próxima dele. Após uma festa organizada por ele, descobrem que o jovem pratica wicca e está à procura de pessoas que se queiram juntar a ele para eventualmente formarem um "coven". Alguns juntam-se e deste modo, pela primeira vez, forma-se um grupo heterogéneo de participantes.
Tanto Bree como Morgana apaixonam-se por Cal mas ao ver que não tem hipóteses contra a linda Bree, ela esconde os seus sentimentos. Pondo de parte afeições, descobrimos que Morgana tem uma aptidão natural para a wicca e a história desenrola-se a partir daí. 
Pela primeira vez li um livro com esta temática, jamais tinha lido algo relaccionado com wicca, de modo que achei curioso e pareceu-me uma coisa em contacto com a Natureza e com o que nos rodeia (pelo menos as coisas do bem).
Apesar de serem todos diferentes e estarem divididos, agradou-me que os colegas tenham-se unido e tenham começado a se relacionar uns com os outros.
Este livro é uma introdução à história e ao tema, e dá-nos uma noção do contexto das coisas e das personagens e enfim, é evidente no final que continua num próximo volume. Não achei grande leitura mas proporcionou um tempo agradável de lazer e deixou alguma curiosidade quanto ao seguinte livro.

sábado, 6 de agosto de 2016

A educação de Felicity [The school for manners 1], de Marion Chesney - Opinião

Título original - Refining Felicity
Saga: The school for manners #1
Editora: Edições Asa
Sinopse: Numa época em que as mulheres da nobreza só dispõem de duas opções - casar ou esperar que um parente rico morra - as irmãs Tribble não têm sorte nenhuma. Não só ainda não encontraram o amor como, após anos de bajulação a uma intratável tia velha, veem o seu nome apagado do testamento aquando da sua morte.
As românticas Amy e Effie Tribble sonhavam com ricos jantares de carne assada e batalhões de criados aduladores mas agora estão oficialmente na penúria. Ironicamente, é neste cenário desolador que lhes ocorre uma ideia brilhante: colocar a sua educação esmerada ao serviço das jovens mais "difíceis", apresentá-las à sociedade e arranjar-lhes casamento.
Não contavam que a sua primeira cliente fosse Lady Felicity Vane, cuja rebeldia ameaça enlouquecer a sua própria mãe e arruinar o projeto sentimental de Amy e Effie. A jovem prefere caçar com os amigos a pensar em casar. Mal ela sabe que o seu suposto pretendente é o homem que mais a irrita (e que mais irritado se sente por ela). Felicity nunca admitirá que o seu coração treme ao ver Charles Ravenswood, principalmente porque o elegante marquês parece não ter paciência nenhuma para as suas extravagâncias. O clima entre ambos é tão tenso que, se soubessem o que as irmãs planeiam, o resultado seria, no mínimo, desastroso…


Opinião:
Este livro foi integrante do desafio diversidade literária que me propus para o presente ano. Penso que por esta altura é bem sabido que não aprecio muito este género literário (risos), contudo ocasionalmente gosto de variar e confesso que sabe bem expandir os horizontes e sair da zona de conforto.
Estamos em Londres há vários séculos atrás e seguimos as irmãs Tribble que aguardam uma herança, porém ficam excluídas e sendo ambas solteiras, já na meia idade começam a desesperar por dinheiro. 
É então que com a ajuda e o apoio do amigo recém regressado da Índia, as duas senhoras formulam uma ideia para uma ocupação que lhes trará melhores condições de vida. Lançam um anúncio no jornal onde propõem educar e preparar jovens difíceis, de boas famílias, para a sociedade. Se as jovens encontrarem um bom pretendente até ao final da estação (Season), as irmãs recebem um bónus e poderão voltar a viver no luxo como antigamente.
Eis que chega a primeira carta, os seus serviços são requeridos com a Lady Felicity, filha única dos Vane, cuja mãe encontra-se desesperada e sem saber o que fazer com a sua filha rebelde e com maneirismos masculinos. As irmãs aceitam o trabalho mas mal sabem no que se estão a meter...
As irmãs Tribble nunca casaram então moram sozinhas na casa da família, contudo o dinheiro que o pai deixou-lhes já se foi faz algum tempo. Não querendo abrir mão do imóvel, têm aquela brilhante ideia de usar os seus conhecimentos e a educação que tiveram em jovens rebeldes. Essa ideia e a concretização da mesma deram o mote para uma série de peripécias que jamais imaginaram. 
Seja como for, e haja o que houver, ambas são umas românticas incuráveis e só querem o melhor para a sua pupila, inclusive acalentam o sonho de encontrarem para elas próprias o amor verdadeiro e isso agradou-me imenso. Faz lembrar aquela máxima muito referida popularmente "nunca é tarde para amar". :)
Quanto à Felicity, o alvo e a primeira "experiência laboral" das irmãs, sem querer fazer revelações, o seu comportamento tinha a sua razão de ser. A jovem abriu-se com as tutoras e baixou a guarda, mostrando o seu "verdadeiro eu" e à medida que se vai lendo, vamos descobrindo um ser complexo e delicado com sentimentos profundos.
Esta obra revelou-se uma leitura breve e interessante, pautada por diversas situações verdadeiramente hilariantes. O contraste entre situações sérias e cómicas permitiu-me ler com entusiasmo e querer descobrir o que iria acontecer em seguida. Confesso que fiquei curiosa com a sequela. Aconselho :)

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

[2016] TBR Jar Challenge 7

Olá depois de um tempo afastada deste desafio, vim cá após tirar outro papel do meu TBR Jar challenge. Desta vez o que me calhou foi...



* Ler um livro escolhido por outra pessoa

*Challenge accepted!*

Para ver o progresso dos desafios, basta ir ao separador Desafios literários, logo abaixo do nome do blogue, que serão remetidos para o seu respectivo link.